Doe Sangue

Com o desejo de conscientizar os cidadãos para o hábito de doar, a ONG Vidas Recicladas iniciou a campanha de doação de sangue “Precisamos do seu amor”. Através de um cadastro permanente de doadores a ONG Vidas Recicladas busca ajudar a suprir a demanda dos bancos de sangue e hemocentros da região através de ações mensais de incentivo a doação.

Os doadores de sangue cadastrados na campanha “Precisamos do seu amor” farão parte de um banco de dados e serão lembrados da data para a próxima doação, conforme a normatização do Ministério da Saúde, assim como do banco de sangue ou hemocentro com maior necessidade no momento.

Salve vidas. Seja um doador cadastrado.

Agradeço por fazer parte desta ação conosco.

Marcos Libório
Presidente da ONG Vidas Recicladas

 

Nome completo

Email

Data de nascimento

Cidade

Bairro

Telefone:

Gênero
MasculinoFeminino

Ja é doador (a)
SimNão

Tipo sanguíneo:

 Requisitos básicos

  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).
  • Pesar no mínimo 50kg.
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
  • Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Impedimentos temporários

  • Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.
  • Gravidez
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
  • Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.
  • Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são estados onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses.
    Qualquer exame endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc); se com biópsia, é necessário avaliação do resultado: por 6 meses a 01 ano.
    Extração dentária (verificar uso de medicação) ou tratamento de canal (verificar medicação): por 7 dias.
    Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas.
    Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses.

Impedimentos definitivos

  • Hepatite após os 11 anos de idade. *
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.
  • Malária.
  • * Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem.

Confira outros impedimentos à doação no link “Quem não pode doar”.

Respeitar os intervalos para doação

  • Homens – 60 dias (máximo de 04 doações nos últimos 12 meses).
  • Mulheres – 90 dias (máximo de 03 doações nos últimos 12 meses).

Honestidade também salva vidas. Ao doar sangue, seja sincero na entrevista.