Notícias

A Administração Municipal assinou nesta segunda-feira (18), um convênio para repasse de um total de R$ 207,2 mil à ONG Vidas Recicladas, conhecida popularmente como “Casa das Anas”, local de acolhimento a mulheres vítimas de violência e seus filhos, instalada em Balneário Camboriú há um ano e meio. O repasse, proveniente do Fundo Municipal de Assistência Social, começa já neste mês de junho e será distribuído mensalmente em parcelas de R$ 29,6 mil/mês.

O recurso será destinado para a manutenção de oito das 20 vagas oferecidas pelo serviço, que além de acolher as mulheres, realiza um trabalho psicossocial dessas vítimas de violência, atua na reinserção ao mercado de trabalho e no acompanhamento de saúde e assistência social dessas famílias acolhidas.

O contrato foi assinado pelo prefeito Fabricio Oliveira, pelo secretário de Desenvolvimento e Inclusão Social, Luiz Maraschin, pelo presidente da Casa das Anas, Lucas Ávila e pelo gestor da parceria do Fundo Municipal de Assistência, Laudair Reis. “Com essa ação a administração está dando voz e chance para que as mulheres vítimas de violência possam restabelecer o seu convívio familiar e restabelecer a sua inserção na sociedade. E essa entidade vem tratando essa questão com coragem e compromisso então só temos agradecer e apoiar ao trabalho que está sendo feito”, disse o prefeito Fabricio Oliveira.

Dentro de uma semana, a ONG já recebe a primeira parcela. Atualmente das oito vagas que serão custeadas pela prefeitura, seis já estão preenchidas. “Esse repasse é muito importante porque acaba dando mas fôlego para que possamos aumentar a qualidade do serviço já ofertado”, disse o presidente da ONG, Lucas Ávila.

______________________

Fonte:

Prefeitura de Balneário Camboriú

Diretoria de Comunicação
Jornalista: Andréa Artigas
Fotos: Ivan Rupp
(47) 3267-7022

O Dia Mundial do Meio Ambiente (5) será comemorado em Santos com uma programação que se estende até o dia 10. No topo da lista está a assinatura de um convênio entre a Prefeitura e a Internacional Solid Waste Association (ISWA) para o desenvolvimento de ações de capacitação, conscientização e estudos para identificar e combater a contaminação  do mar.

Com exposições, oficinas, brincadeiras educativas, doação de mudas, Inauguração dos totens para recolhimento de dejetos animais e inúmeras outras atividades, a programação reforça ações que já vêm sendo desenvolvidas na Cidade, como o Recicla Santos, visando a mudança de hábitos para conservação do ambiente.

“Esse novo espaço é mais um lugar para inspirar os conceitos de sustentabilidade, humanização e consciência ambiental na formação das crianças”, disse Marcus Libório, secretário de Meio Ambiente, pasta que apoia a iniciativa ao lado da igreja Bola de Neve, Cargill e EMTU.
Veja as fotos:

Do dia 22 de maio até o dia 28 foi a Semana Mundial do Brincar.

Neste ano, o evento estava no calendário oficial da cidade, compondo a primeira edição da Semana Municipal do Brincar, oficializada por lei assinada pelo prefeito em 2015.

A ação é uma grande mobilização comunitária em favor da infância para garantia de tempo e espaços para brincar. A programação, gratuita, inclui brincadeiras espontâneas ou dirigidas por educadores, palestras e ciclo de debates. Além das atividades que serão realizadas nas escolas municipais.

A Ong Vidas Recicladas participou dessa ação com oficina de brinquedos, reutilizando materiais e criando a partir deles algo novo.

“ O projeto estimula a criatividade e a interação, esses jogos mostram que é possível se divertir com coisas simples. É muito legal ver crianças e adultos participando”. Comenta o educador de artes.

 

Veja as fotos:

 

 

PROJETO CRESCENDO NO BOLA – FUTEBOL  

A partir das 9h da manhã até às 13h dos sábados, as crianças e os adolescentes de 5 a 18 anos participam do projeto Crescendo no Bola – Futebol. Logo pela manhã participam do café e são encaminhados para o campo de futebol para os treinos e jogos.

O objetivo é  assistir as comunidades carentes para que todos tenham condições de interagir com os demais setores da sociedade, incluir e solidificar conceitos de cidadania, suprir necessidades e dar condições de vida iguais e justas, através de relações de solidariedade na busca de igualdade, justiça e amor ao próximo.

O projeto nasceu em 02 de Setembro de 2017.

Todos os projetos tem por finalidade a promoção da educação e assistência social, de maneira que o próprio cidadão amplie a visão e tenha condições de melhoria em todos os aspectos.

Público: 60 a 70 crianças, entre 5 e 18 anos. (O acompanhamento das famílias é essencial para possível desenvolvimento de grupo social)

> Bertioga

PROJETO CRESCENDO NO BOLA – SURF 

Todas as quartas as aulas acontecem em dois Horários: 10h e  às 14h.

Todos os alunos são divididos em dois grupos, o primeiro fica com os professores que passarão técnicas de manobras e conceitos sobre ondas e mares, enquanto o segundo fica no raso do mar, são os iniciantes.

Atendemos cerca de 40 crianças e adolescentes, de 5 a 18 anos, com o objetivo de levá-las do esporte à saúde familiar, de forma a incluir e solidificar conceitos de cidadania, suprir necessidades e dar condições de vida iguais e justas, através de relações de solidariedade na busca de igualdade.

> Bertioga

 

 

No dia 27 de abril aconteceu mais uma Sessão simultânea de leitura na Ong Vidas Recicladas.

Durante o evento, as crianças compravam os ingressos para ouvir as histórias que preferiam e eram direcionadas até as salas.

Veja as fotos:

 

No mês de outubro, a cada semana trataremos um vídeo* temático, compartilhando experiências e informações úteis.
Falaremos sobre estatísticas, diagnóstico, tratamento, emoções, família e fé, relacionados ao tratamento do câncer de mama.

Acompanhe os vídeos:

Face: Bola de Neve Santos
Insta: @ongvidasrecicladas
@boladenevesantos

e-mail: tonsderosa@vidasrecicladas.org

*videos serão exibidos nas paginas: www.boladenevesantos.com.br / www.vidasrecicladas.org / facebook: Bola de Neve Santos / YouTube canal: Tons de rosa

 

 

Episódio 1 – Diagnóstico

 

 

Episódio 2 – Tratamento

 

Episódio 3 – Fé, esperança e amor

 

 

Brincar, linguagem primária das crianças.
Quando essa linguagem é usada para oportunizar Educação Ambiental, certamente princípios são agregados à formação das crianças como cidadãos.

No dia 25 de agosto, o Eco Brincar trouxe interação aos alunos através de brinquedos e jogos de fabricação artesanal com material reutilizado.

O projeto aconteceu no núcleo ONG Vidas Recicladas na Padre Anchieta, Macuco.

 

 

 

Inauguração

O projeto Casa das Anas que abriga mulheres vítimas de violência foi inaugurada na última quinta-feira (31) em Balneário Camboriú.

A ONG Vidas Recicladas já dirige uma Casa das Anas em Santos e tem conduzido com mérito o projeto no resgate das vidas e na capacitação de muitas mulheres.

Em Balneário, o abrigo apresentará suporte para 24 pessoas, incluindo mulheres e crianças.

Na tarde do dia 31, o evento contou com o discurso do prefeito de Balneário Fabrício Oliveira e com a participação do secretário de Meio Ambiente Marcos Libório, representando a prefeitura de Santos, os pastores da Bola de Neve, Eric Vianna, de Santos, Natanael, de Balneário, Rodrigo, de Florianópolis, o presidente da Câmara de Vereadores de Santos, Adilson dos Santos Júnior, entre outras autoridades locais.

Matéria da Prefeitura Municipal de Balneário: https://goo.gl/tZRjvC

 

No último sábado (19), o Bom Prato realizou um evento com a finalidade de adquirir fundos para realizar algumas melhorias no restaurante que já está há 1 ano em pleno funcionamento.

O evento se iniciou às 12h com feijoada como prato principal e apresentação da banda convidada Chuva de Bênção.

Mais de 300 pessoas participaram do evento.

Veja as fotos:

 

 

Para mais informações sobre o projeto Bom Prato curta a página do Facebook e Instagram: @bompratooficial

10 anos de Vidas Recicladas em Santos

 

No dia 13 de dezembro a ONG Vidas Recicladas recebeu o reconhecimento por 10 anos de serviços prestados para a cidade de Santos. A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal de Santos e os vereadores que conduziram a sessão foram Dionísio Aguiar, conhecido como Boquinha, que presidiu a mesa e o autor da homenagem, Marcelo Del Bosco.

 

Representando a ONG estava Marcos Libório. Durante seu discurso fez questão de citar nominalmente as coordenadoras dos núcleos e dos projetos desenvolvidos em Santos. Libório ressaltou a importância do terceiro setor como proponente de projetos e políticas públicas, uma vez que está mais próximo da comunidade.

 

Julyanna Monteiro, diretora da ONG Vidas Recicladas no Haiti esteve em uma das regiões mais afetadas pelo furacão Matthew e compartilhou na Globo News a triste experiência e situação agravante que se encontra a região de Les Cayes.
“Nós vimos muita tristeza, muitas casas destruídas, a população está sem alimento, mesmo chegando, ainda não é suficiente para toda a população. (…) A estimativa é aumentar muito mais a quantidade de pessoas que foram mortas.”
Todo alimento e produtos de higiene que tem arrecadado em Porto Príncipe, que é onde se encontra o orfanato da ONG, Julyana diz que levará a essa região. A Defesa Civil tem pedido a ONG para que leve também água sanitária, devido a contaminação da cólera em boa parte da nação.

 



Páginas123... 7»